­
Siga o Sem Arrudeio em:
Receba nossas atualizações via email:
23 de março de 2012
­

Meninos e meniiiiinas!
­
Estou aqui mais uma vez com uma [Dica de] jogo e, não diferente das outras vezes, o jogo da vez é SENSACIONAL!!! Sem contar que trago para vocês o segundo vídeo de gameplay comentado que, segundo as primeiras pessoas que assistiram, está mais legal que o primeiro. Bora lá?

O jogo da vez é mais um FPS (first person shooter = tiro em primeira pessoa) com elementos diferenciados do que normalmente se vê em um jogo do estilo. Apresento-lhes The Darkness II (2012 - PC, PS3, Xbox 360), um dos jogos mais brutais e mais legais que já joguei em toda minha vida gamer (e olhe que jogo vídeo game desde moleque no meu saudoso Master System direto do túnel do tempo).

Assim como no último post, vou apenas dar uma pincelada rápida no texto sobre a história e os destaques do jogo, já que falo praticamente tudo no vídeo. Simbora, Brasil!




● Conheça The Darkness II

O jogo é baseado em uma série de histórias em quadrinhos com o mesmo nome do jogo: The Darkness. Como nunca li e não joguei o primeiro jogo(o que poderia ajudar a entender um pouco), o que rola no segundo jogo é que Jack Estacado(o personagem principal) é um cara que carrega "a escuridão" dentro de si (e fora também, né? Esses dois capetas na imagem acima não tem nada de interiores...) e, com a ajuda desses demônios, é o chefe de uma grande família mafiosa.

Jack descobre que uma organização secreta, The Brotherhood, está em posse de um artefato que pode retirar "a escuridão" e todos os poderes que ela traz de dentro dele e está disposta a usá-lo para roubar os poderes de Estacado. Depois de ter perdido o amor da sua vida (Jenny - que aparece muito no jogo), Jack se vê perturbado e tendo várias visões do espírito dela, o que o atrapalha em vários momentos da história e o faz vulnerável.

Acho que de história já deu, né? Assistam agora o gameplay comentado que, mais uma vez, está divertidíssimo! Não se esqueçam de curtir o vídeo  lá no Youtube e se inscrever no meu canal, hein?

Veja os requisitos mínimos e recomendados para o jogo clicando aqui: http://migre.me/9mZ5I

● Destaque Extra

É verdade que no vídeo eu já falei dos destaques do jogo, eu sei. Mas ontem quando fui dar mais uma brincada nele, fui ver um modo que eu não tinha olhado antes por achar que fosse só mais um extra fuleira dos que eu geralmente nem olho. Mas, para minha alegria, eu me enganei.

O modo "Vendettas" traz a opção de você jogar com 4 novos personagens, em uma nova missão que é bem grande e, se brincar, deve ter mais ou menos uns 60% do tempo gasto na campanha principal do jogo (o que é muito e bom).
Nessa história alternativa, você escolhe entre 4, assim como Jack, "usuários" da escuridão e cada um com uma arma "da escuridão" diferente e MUITO legal.



Shoshanna (a única que tem uma xana =X) com sua "pistola" que faz os inimigos "se desintegrarem", Jimmy Wilson o escocês bebum que carrega um machado que pode ser arremessado nos inimigos, Inugami e sua espada samurai chamada Kusanagi e, por último, JP Dumond que é um velho praticante das artes de voodoo e tem como arma um cajado que explode os inimigos a uma certa distância.

O modo Vendettas pode ser jogado tanto no modo online quanto no "modo forever alone" e tem um chefe final mais difícil e mais legal do que o da campanha do jogo.

E acho que é isso, meus queridos e pequeninos gafanhotos! Espero mais uma vez que vocês tenha curtido o vídeo, tenham se interessado pelo jogo que é MUITO bom e, como eu falei no vídeo, um dos melhores FPS que já tive a oportunidade de jogar.
Façam críticas, elogios e sugestões de melhorias ou de jogos que vocês achariam legal ver apresentados dessa maneira.
E a conclusão sobre The Darkness II: vale MUITO a pena, se você estiver em dúvida, pode investir sua grana/tempo baixando ilegalmente(não que eu incentive =x) que o jogo é bom e rende muitas horas de diversão.

Até o próximo [Dica de] com mais alguma coisa que eu curta e queira passar pra vocês e vejo vocês no nosso próximo gameplay comentado! :)


20 de março de 2012

Como já venho falando, estou voltando a postar porcarias por aqui. Porém, porcarias selecionadas da melhor qualidade tipo exportação! ;)

A da vez é um vídeo em stop-motion de Lego(o que não é muita novidade pelas interwebs) mas que é de uma perfeição sem tamanho, com movimentos pra lá de "redondos" que, em alguns momentos, você acha que é efeitos de computação gráfica, e não de um stop-motion. Além disso, a batalha em The Duel de um bonequinho de Lego contra uma penca de inimigos também bonequinhos (meio modificados, é bem verdade) é MUITO legal, com um ar que lembra muito grandes lutas de animes.

Enfim, chega de falação e fiquem com o vídeo que, EU GARANTO, será um dos 3 minutos mais bem gastos com porcaria na internet da sua vida! :)

­

Curtiu? :)

7 de março de 2012

Bem, como faz tempo que não posto coisas bobas com poucos comentários AND estou animado para a chegada dos Avengers no cinema já já no dia 27 de abril, vou trazer uma besteirada da melhor qualidade para vocês, meninos e meninas!

Acho que todo mundo aqui conhece a série Friends, né? Conhecendo, sabe da memorável abertura da série com a música I'll be there for you da banda The Rembrandts. Caso vocês sejam de outro mundo e não conheçam, vejam-na nesse link antes de prosseguir com o post.

Acontece que um rapaz teve a ideia de fazer uma versão Avengers da abertura de Friends(ou uma versão Friends de Avengers?) e deu nisso:


­

Como já falei aí no começo do post, o filme estreia por aqui antes da gringa no dia 27 de abril e Raphaelzinho estará na fila da pré-estreia!
Quem mais? o/


5 de março de 2012

Alô alô pequeninos gafanhotos!­
Venho nesse post com uma alegria – maior do que a normal – pois finalmente estou realizando um objetivo que estava nos primeiros papéis que risquei com a ideia do blog: vídeos próprios, mais especificamente analisando e indicando games que curto.

E o debut dos gameplays comentados do Sem Arrudeio foi com Bioshock (PC, PS3, XBox 360, Mac - 2007), um FPS com elementos de RPG e um visual steampunk fantástico!
Como no vídeo falo praticamente tudo que acho interessante no jogo, vou apenas dar umas pinceladas no texto do post já que quero BASTANTE que vocês assistam o vídeo por que tá bem engraçado(não sou eu que tou dizendo, hein? Quem já assistiu disse que deu boas risadas!).
Bora lá pra as pinceladas sobre o jogo?



● Conheça Bioshock

A história do jogo se passa em 1960 e tem início com uma cena em um avião onde você controla Jack – um cara que, pelo menos que eu lembre, não se fala absolutamente nada sobre sua história ou qualquer coisa de sua vida – e, de repente, um acidente acontece e você é o único sobrevivente.

Se dirigindo ao único lugar próximo do local do acidente, você acaba entrando em Rapture, uma cidade subaquática que foi criada por Andrew Ryan que é colocado como grande vilão da história por Atlas, um cara que acaba lhe ajudando a sobreviver dentro da cidade.

Como falei, não vou me adentrar muito em detalhes e não vou falar por escrito dos destaques do jogo pois já o fiz no vídeo abaixo.

Para finalizar a parte escrita da "análise", o jogo traz um esquema interessante de upgrades das suas armas e de "super-poderes" que você vai adquirindo no decorrer do jogo. Além dos upgrades, há um sistema de hack muito interessante onde você converte máquinas inimigas para lutar ao seu lado e faz máquinas de vendas diminuírem os preços dos itens para você.

Quero agora que vocês assistam o nosso gameplay comentado por niguém mais, ninguém menos do que eu e minha voz de pato. Confiram:


Veja os requisitos mínimos e recomendados para o jogo clicando aqui: http://migre.me/9mZbT

E aí, galerinha? Curtiram?
Como falei no vídeo, quem curtiu, vai lá e dá o joinha e quem não curtiu se lasca, comenta o que achou que não tá legal pra eu poder perceber onde estou errando e poder melhorar.
Sabe de algum jogo legal que você acha que curtiria me ouvir tirando onda? Sugere o jogo pra mim aqui nos comentários ou nos comentários do vídeo!
Compartilha o vídeo pelas internets, mostra pro papai, pra mamãe, pro amiguinho, pro cachorro e pro papagaio!

Então é isso, meus caros! O jogo é MUITO bom, recomendo que quem tiver oportunidade o jogue!
Já estou escolhendo qual será o próximo jogo a ser analisado por minha ridícula pessoa e trago para vocÊs por aqui! :)



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...