­
Siga o Sem Arrudeio em:
Receba nossas atualizações via email:
30 de abril de 2012

­Não sou um crítico de cinema.
Não sou um expert no assunto.
Não sou um fã de quadrinhos, portanto, não conheço a essência as histórias dos heróis aqui tratados.
Sou apenas um cara normal –um tanto nerd, assumo– que passou a se interessar mais por super-heróis depois de conhecê-los em video games, desenhos e filmes. Um cara que, até agora – quase 72 horas depois de ter assistido o filme – ainda está com uma imensa felicidade de ter tido a oportunidade de ver uma das maiores super-produções que o cinema já viu e verá.
Sou apenas um cara normal que "acabou" de ver "The Avengers" (Os Vingadores) no cinema e nunca mais se esquecerá.

Já escrevi e reescrevi esse post 5 vezes. Por que? Pelo simples fato de achar que o texto não estava conseguindo passar nem um terço do que estou sentindo e senti ao assistir o filme. Até hoje, não tinha assistido nenhum filme que, ao fim dele, eu não tivesse absolutamente nada para reclamar, NADA que fosse dito de negativo de um filme que, segundo algumas opiniões que já li, é um marco no cinema e pode ser considerado o maior crossover da história.


Apesar do que o filme foi, não gostei de Mark Ruffalo como Bruce Banner. Por que? Simplesmente pela cara dele. Pelo pouco que conheço do personagem, não consegui colocar a cara de Ruffalo em Banner. Simplesmente. E quem prestou atenção de verdade na coisa viu que ele em si não teve nada excepcional no filme. Hulk foi O destaque do filme. Entenda: no que estou falando que é o ator para o filme, Hulk não é Banner. Banner é um ator e Hulk é um trabalho de animação gráfica/roteiro – apesar de terem colocado "a cara" de Ruffalo no Hulk. Rumores dizem que mais um filme do verdão vem por aí e Ruffalo será Bruce novamente e, de verdade, espero que ele consiga convencer como Banner – apesar de eu ainda não achar que ele tenha cara de Bruce Banner. Isso conseguiu afetar negativamente de alguma maneira o filme? NUNCA. Fizeram um roteiro para fazer de Hulk o foda e apagar um pouco a fúria dos fãs que, ignorando os motivos dele não ter sido escalado, queriam Edward Norton novamente no papel e conseguiram que esse Hulk tão foda apagasse o "problema" de um Bruce comum.
Sem esquecer de falar que o elenco em si fez um ótimo trabalho com destaque para Robert Downey Jr(Tony Stark) que dispensa comentários e Tom Hiddleston(Loki) que fez um vilão FANTÁSTICO e pegou bem o espírito do personagem que, para mim, repetiu o belo trabalho no filme Thor.

Medo disso! kkkkkkkkk

Eu tive medo. Acho que nunca tive tanto medo na minha vida de uma coisa tão banal, que não influenciaria a minha vida efetivamente como tive medo do que poderia acontecer com esse filme. Acho que todo mundo teve o mesmo medo que eu tive de chegar no cinema e sair triste pois as expectativas não foram atendidas, afinal, estamos acostumados a nos decepcionar com os filmes de super-heróis, não é mesmo?
Porém todas as expectativas, por mais altas que fossem, foram atendidas e superadíssimas. Sim, superadíssimas. O filme é IMPECÁVEL, não consegui achar defeitos no mesmo e, creio que, mesmo quando for assistir novamente – eu irei – não conseguirei achá-los.

Meu mini poster *-*

E o "Efeito Avengers?"
Simplesmente, a partir de agora todo e qualquer filme de ação/aventura/super-heróis serão complicados para a gente assistir. Por que? Por que o "gostinho na boca" que ficou do épico encontro da Marvel nos cinemas vai elevar o padrão que usamos para definir se o filme é bom ou ruim. Sempre, ao terminar de ver um filme, ficaremos com aquele pensamento:
 "É...é bom, mas não é um Avengers..."

Temos também o lado positivo desse efeito que é "forçar" as novas produções a ter como objetivo atingir o nível que foi alcançado nos Vingadores. Torço para isso e para que possamos presenciar mais obras primas nos cinemas como pudemos com esse presente que Joss Whedon nos deu.



E, meninos e meninas, corram já para o cinema mais próximo de vocês porque vocês precisam poder dizer a todo mundo(aos seus netos é forçar a barra, né?) que assistiram o MELHOR filme de super-heróis já feito até hoje quando estava em cartaz nos cinemas. Agora VAZEM daqui e vão ver o filme! :)

Ah! E não, o texto não conseguiu expressar nem 1/3 da alegria e excitação que senti com esse filme. :)


13 de abril de 2012

Não vou fazer todo o discurso sobre Chaves porque tenho certeza que todo mundo sabe o tamanho do sucesso que o seriado fez, faz e sempre fará aqui no Brasil, não é? Mas vamos ao que interessa!

Estava eu tranquilamente olhando minhas porcarias por aqui e respondendo os comentários revoltados do post do novo trailer de Devil May Cry quando meu caro amigo Caio cola um link de um vídeo para mim no chat e diz: "Compartilhe que isso é bem teu estilo". Arrisco dizer que ele nunca falou uma coisa mais certa em toda a sua vida como falou desta vez.

Que Marco e Tarma que nada! O negócio é Chaves e Kiko!

Uma galera(ou um cara/menina, não sei) do canal guitarsNswords(que, pelo visto, é do blog OtakuDificador) fez uma montagem que misturou Chaves com o jogo Metal Slug(jogolindodeDeus) e, porra, ficou MUITO bom e MUITO engraçado.
Não tem o que falar sobre, é só assistir mesmo e rir pra caramba. Confiram!



Bicho, fazia MUITO tempo que eu não ria tanto com uma bobagem no Youtube!
Parabéns a guitarsNswords porque ficou MUITO legal! :)

12 de abril de 2012

MENINOS E MENINAS!!!
­
Começo o post com Caps Lock ligado porque é alegria demais para uma pessoa só em tão pouco tempo! Antes de ontem coloquei para vocês aqui o trailer do novo Devil May Cry que me deixou MUITO empolgado e, hoje, trago o trailer de mais uma continuação de uma franquia da Capcom que sou fã desde o primeiro episódio: Resident Evil 6.

Desde o 4º game da franquia (Resident Evil 4), os fãs mais fervorosos da trilogia inicial são revoltadinhos com o rumo que o jogo vem tomando saindo do gênero inicial de horror survival e enveredando na ação. A minha opinião em relação a isso é parecido com a que tenho com Devil May Cry: tudo não passa de mimimi.

Chris Fodão Redfield VERSUS Leon EmoSafado Kennedy – Haters gonna hate

Apesar de gostar do gênero inicial do jogo, o Revil mais voltado para a ação também é um jogo fantástico. Tanto o 4 como o 5, são ÓTIMOS jogos que, apesar de não chegarem nem aos pés(tipo, sério!) da dificuldade dos três primeiros, são ótimos jogos que proporcionam maravilhosos momentos de tiros de 12 explodindo cabecinhas de zumbis fdps.

Nessa sequência da história rolará um encontro de dois grandes protagonistas da série: Chris Redfield e Leon Scott Kennedy. Mas calma, amiguinhos! Isso não é tudo! Vai rolar PORRADA entre os dois!!! Preciso falar mais alguma coisa? SIMBORA pro trailer!



Só eu ou mais alguém ficou empolgado com esse filho de Wesker aí? Amiguinhos, aí vem um jogo FODÁÁÁÁÁSTICO!
A data de lançamento foi adiantada para 02 de outubro para os consoles e, como sempre, para o meu amado PC deve demorar um pouco mais.

11 de abril de 2012


Meninos e meninas, acho que NUNCA em nãoseiquantos anos de internet eu tive a oportunidade de ver uma coisa tão bizarra quanto esta que venho lhes mostrar. Se você é fã de Senhor dos Anéis(se não for, vaza do meu blog porque você é um herege!), se prepare para experienciar o seu cérebro dar um soco no seu crânio, quebrá-lo e depois sair voando gritando que quer se suicidar pulando de uma ponte. Sim, meninos e meninas, a coisa vai ser MUITO feia.

Apresento-lhes a nova boyband formada por Frodo Chapadão, Aragorn Cabelimpé, Gimli da Doideira e os dançarinos Sauron Remexe(isso mesmo, Sauron) e Sam Invisível. Presenciem o fim, amigos. Presenciem o fim. :~



Véi...na boa, véi...Sério.
Inclusive percebi agora que pode não ser Sam aquela porra que tá ali escondida...Talvez seja Merry ou até Pippen. Seja quem for, NADA vai conseguir apagar os CondadoStreet Boys(gostaram do nome?) da minha cabeça e nunca, eu digo NUNCA mais conseguirei assistir os filmes com os mesmos olhos. :/

Sério. Vou parar o post por aqui porque, véi...na boa, véi. NA BOA, VÉI.


UPDATE!

Como bem observou Márcio nos comentários do post, não é Aragorn que está com as madeixas loucas e todo chapadão. Trata-se de Boromir. Atentem para a roupa do personagem no vídeo e a roupa de Boromir na imagem abaixo:

Valeu Marcio! E não precisa de "¬¬", já tá tudo corrigido! ¬¬
10 de abril de 2012


Não sei quanto aos manés de plantão que andam reclamando por causa da mudança do personagem principal da franquia, mas Raphaelzinho aqui está cada vez mais empolgado com o novo jogo da série Devil May Cry.
­

E em relação a esse auê que a galera vem fazendo com essa "continuação" da franquia, a minha posição é que acho extremamente desnecessário. Eu sei, eu sei que estou "cutucando a onça com a vara curta" e que não é legal quando um personagem principal é mudado da maneira com que aconteceu com DMC. Caso vocês, meninos e meninas, não estejam a par da coisa toda, abaixo segue uma foto de uma comparação entre o Dante dos 4 primeiros jogos e o que estará no próximo.


Apenas considerando o visual dos dois, inicialmente também fiquei com um pé atrás. Se você jogar no Google "Capcom desrespeito consumidor" você vai achar uma porrada de críticas e acontecimentos absurdos da empresa com seus consumidores e é bem verdade que isso é inaceitável. PORÉM, apesar desses pesares, na primeira vez que vi um vídeo que mostrava o gameplay do novo jogo E esse continua na mesma linha dos antigos, eu me perguntei: Por que DIABOS esses animais estão reclamando? Será que viram como será o jogo antes de falarem tantas asneiras? Não acho que a Capcom esteja desrespeitando ninguém com essa mudança...



Mas para finalizar a onda toda – que não é o objetivo do post – dessa discussão, depois que vi esse novo gameplay e mais esse trailer, para mim não importa se é uma boneca Barbie que vai ser a personagem principal do game. Contanto que ela faça e se porte da mesma maneira com que o antigo Dante o fazia, o jogo vai ser FODA como seus antecessores.

Então fiquem com esse trailer FOOOOOOOOOOOOOOOODA do novo jogo e aguardemos o lançamento do mesmo que ainda está indefinido.



3 de abril de 2012
Vou avisar logo de cara que esse post vai ser exclusivo para quem sacar pelo menos um pouco de inglês. Então, se você não tem esse conhecimento, recomendo que nem continue pois você não enxergará graça nenhuma. Já se você entende, meu amigo, se prepare pra ver se você está afiado e para rir MUITO.­
Está vendo esse rapaz belo e cabeludo aqui na foto abaixo?


Ele é David Armand, um humorista britânico que ficou conhecido(pelo menos por mim :P) por interpretar músicas de uma maneira um tanto diferente: fazendo mímica das suas letras. Essa é a hora que o inglês que eu falei no começo do post vai ser necessário. Em 2005 o cara fez a mímica da, na época, famosa música Torn da delícia da Natalie Imbruglia e a coisa fez tanto sucesso que em 2006 ele fez uma apresentação ao vivo e a cantora subiu ao palco com ele e deu nisso aqui:


Depois disso ele fez algumas outras mímicas de outras músicas conhecidas como Don't look back in anger de Oasis, que não fez tanto sucesso quanto a sua primeira interpretação mas também é bem engraçada.
Já agora em 2011(é, eu sei, notícia velha mas acabei só vendo agora...=x) o cara foi chamado para fazer essas performances em um programa de humor britânico chamado Fast and Loose e é desse programa que trago duas interpretações FANTÁSTICAS do cara: Baby one more time de Britney Spears e Don't stop me now de Queen.

Sem enrolar mais com blá blá blá, fiquem com os vídeos:

Baby one more time
"I still belieeve - still believe!"

Don't stop me now
"Don't stop me, don't stop me, don't stop me hey hey heeey!"

Caso vocês tenham gostado, o cara ainda faz outras nesse mesmo programa que são muito engraçadas como Eternal Flame, Love is all around e Careless whisper. Nesse estilo de fazer um humor "mudo" e também por ser britânico, o cara me lembrou muito Rowan Atkinson que, para quem não sabe, deu vida ao personagem Mr. Bean que nunca precisou falar muito(ou praticamente nada) para arrancar belíssimas gargalhadas.

Como é uma questão de gosto, vou evitar dizer que isso que é humor de verdade e que ninguém precisa estar dando uma de engajado político ou metido a não ter papas na língua para ser engraçado, quando no final das contas é mais um merda querendo aparecer de alguma maneira nas custa dos bestas, não é? Não vou falar isso, prefiro evitar confusão. =X

Enfim, além disso, David também participou de uma sitcom chamada "How not to live your life" que eu estou doido para assistir só pra ver se o cara é tão bom falando quanto é fazendo mímicas musicais. 
Agora...uma coisa é certa: um cara desse é CAMPEÃO de Imagem & Ação, hein? Time que ele estiver é certo de sair vencedor da partida! :P


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...