­
Siga o Sem Arrudeio em:
Receba nossas atualizações via email:
7 de outubro de 2012
Alô meniiinos e meniiinas! :)
­
Passei batido pelo aniversário de 3 anos de Sem Arrudeio (30 de junho :/ ) e, normalmente, eu não faria isso, não seria displicente dessa maneira. Venho passando por um período (muito) complicado e, por isso, fiquei ausente por todo esse tempo, deixei passar essa data importante para mim que é o aniversário do blog e deixei até de entrar na internet com a mesma frequência que o fazia. Peço desculpas a quem quer que curta visitar essa bagaça aqui e digo que estou colocando a "casa" em ordem aos poucos para que isso não aconteça mais.

Volto então à ativa com mais uma [Dica de] jogo fantástica esperando DEMAIS influenciar vocês a seguirem e serem privilegiados de jogar uma obra de arte dos jogos de ação/tiro em terceira pessoa. O jogo da vez é o fodááástico Max Payne 3 (2012 - PC/PS3/Xbox360) que traz, além de gráficos fantásticos, um enredo muito legal e envolvente e a maravilha que é o bullet time.

Simbora falar do jogo? :)


● Conheça Max Payne 3

A história do jogo se passa 8 anos após os eventos que aconteceram no 2º jogo da série (Max Payne 2: The Fall of Max Payne) e Max Payne se encontra fora do seu antigo cargo de detetive da polícia de Nova York, ainda mais afundado no vício da bebida e sem motivação nenhuma de viver quando, em um bar, ele encontra Raul Passos, um cara que se diz ex-colega de polícia de Max. 

Favela Nova Esperança: um dos pontos altos do jogo

Depois de se meter em uma briga e um tiroteio com um filho de um mafioso local, Max precisa fugir dos Estados Unidos e Passos arranja um emprego de segurança particular de uma rica família paulista. A história, a partir daí, mistura com vários flashbacks dos acontecimentos nos States e toda a trama que rola na favela paulistana "Nova Esperança" (fictícia da trama) e em vários cenários da capital paulista.

Max Payne 3...D? Nem! É Max pinguço "duzinfernu" mesmo!

Vamos parar de blá blá blá e assistir o novo gameplay comentado? Simbora meniiinos e meniiinas! o/

Veja os requisitos mínimos para o jogo clicando aqui: http://migre.me/b1VMw


Conclusão sobre Max Payne 3: Nota 10/10
Com um nível de dificuldade bem equilibrado, gráficos incríveis, um enredo fantástico e envolvente, a oportunidade de jogar com o bullet time novamente e belas situações de ação, Max Payne 3 leva nota 10 e é um jogo que vale MUITÍSSIMO a pena ser comprado/baixado/jogado/apreciado.

Então é isso, galerinha! Espero que tenham gostado do vídeo, que se empolguem para jogar essa obra de arte dos jogos de ação/tiro em terceira pessoa e que entendam que os motivos da minha ausência foram (e ainda estão sendo) muito pesados e me afetaram (e ainda estão afetando) muito seriamente.

Vejo vocês no próximo [Dica de] com mais alguma coisa boa que eu queira recomendar para vocês!
o/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...