A Direita na Paraíba tratada como ninguém!

 


Texto Ricardo Pina

Desde de 2019 a Direita na  Paraíba tem sido usada como plataforma de manipulação por quem saiu com mandato ou foram reeleitos em 2022, os então Cabo Gilberto e Walber Virgulino.

Assim que iniciou o ano 2019, a Direita Paraibana cometeu um erro clássico de não  manter a comunicação interna por meio do contato entre os movimentos nos municípios; assim perdemos o elo de interlocução e ação..

A Direita Paraibana foi levada a entrar então em um universo de alienação política absurda, de forma forçada pelos que saíram com mandato em 2019. Para estes,  o foco era ir para as  RUAS e só, sem projetos para formação líderes , sem planejamento estratégico para os movimentos nos  municípios da Paraíba.

Viramos especialistas em movimentos de rua, com as famosas carreatas e motociatas!  Cabo Gilberto e Virgulino têm 5 anos de mandatos seguidos e o foco foi manter os Movimentos da Direita Paraibana e as militâncias nessa toada de INÉRCIA política.

Os movimentos da Direita e a militância da Paraíba tem a sua lealdade ao capitão Bolsonaro e não a político com mandato ou a quem deseja ser eleito pela Direita!

O ano de 2023 foi um ano de  aprendizado para os movimentos da Direita na Paraíba e no Brasil. E terminamos o ano ainda vivenciando toda essa turbulência ocasionada pela rebelião do triunvirato contra Bolsonaro e sua indicação de QUEIROGA para disputa da prefeitura de João Pessoa.

A conclusão que chegamos é que precisamos cobrar por todos que têm mandato e que desejam ter, é que tenham uma postura de respeito pelos movimentos da Direita da Paraíba, caso não haja uma mudança de postura, não temos dúvidas, o triunvirato VAI sobrar na CURVA!


Recebeu esta mensagem de alguém e quer que as notícias do Sem Arrudeio cheguem no seu WhatsApp?

Inscreva-se em nosso grupo CLICANDO AQUI!

Comentários

  1. Já sobrou, na minha humilde opinião! Exatamente porque deram demonstração pública e explícita de que são contrários à indicação do nome do Ministro Queiroga, como pré candidato a prefeito de João Pessoa por Bolsonaro. Tais "lideranças da direita paraibana" deveriam ser os primeiros a dar apoio ao nome do ministro bolsonarista, de quem goza de maior confiança do presidente Jair Messias Bolsonaro. Porém, não passaram no teste de fidelidade para com o nosso líder maior do bolsonarismo. E não adianta mais insistir em tentar contar com eles nas próximas eleições, porque só visam seus proprios projetos de poder! Seguirão o mesmo destino do Julian Lemos, Frota e Halssemann?

    ResponderExcluir

Postar um comentário