A DIREITA PARAIBANA E SUA REPRESENTACÃO FRAGILIZADA...

 



Ricardo Pina


Os políticos que se dizem representar a direita na Paraíba, a exemplo de Cabo Gilberto, Sargento Neto, estão fragilizados como base, por pura incompetência deles.

Mais que isso, por incoerência... 

Nao teria problema nenhum se eles dissessem que num país de regime democrático e de praticas republicanas, alguem de direita precisa sentar com políticos mais a esquerda, para viabilizar politicas públicas e conseguir investimentos, sem abrir mao dos próprios valores.


Acontece que esses senhores se vendem como puros e acusam de esquerdistas, todos aqueles que nao seguem suas cartilhas de extrema direita, não seguem Bolsonaro ou os políticos de centro-direita que fazem acordos republicanos;

mas eles, Cabo Gilberto e Sargento Neto, apoiam figuras do governo Lula, como Veneziano, articulador importante do governo petista.


Nao teria problema se nao arrotassem puritanismo e falassem da necessidade de diálogo com Veneziano e outros esquerdistas em prol da Paraiba. Mas nesse caso eles nao se restringem a ter acordos institucionais com Veneziano, eles andam lado a lado com ele, levantando o nome e enchendo a bola, além da conta do politico Veneziano e consequentemente das políticas de esquerda que ele personifica.


Prova disso é que o Sargento Neto vem poiando radicalmente Bruno Cunha Lima, um prefeito que tem como secretario de Educacao o filho de Gilvan Asfora, um socialista ferrenho, que defende ideias esquerdistas radicais para a educação, e tem feito um trabalho ideológico complicado em Campina.


Sabendo que a educação é a pasta, ao lado de saúde e segurança, importantes para a direita, Sargento neto entrega o coração da administração publica e os valores da direita para os nossos adversários.


Lamentável!!!

Comentários